Publicado por: centrosurbanos | 13/01/2010

Etapas do processo educomunicativo

(texto adaptado com base na metodologia educação pela comunicação da Cipó – Comunicação Interativa)

Preparação:

  • Formação do grupo: definir direitos e deveres de acordo com habilidades e interesses de cada um, pode haver um rodízio de funções, firmar compromisso de trabalho (horários, local, prazos e periodicidade das reuniões);
  • conhecer a si mesmo a aos demais;
  • criatividade;
  • conhecer sobre comunicação.

Planejamento:

Esta etapa responde às perguntas:

  • O quê? Ex.: Qual peça de comunicação será produzida? 

              – Um jornal mural? Um programa de rádio? Qual tema será abordado? Qual é o nosso foco?

  • Quando? Quais são os prazos?
  • Quem? Quais são os responsáveis por cada etapa?
  • Para quem? Quem é o nosso público? Por onde ele circula? Ele pára para ler cartazes ou entende melhor uma peça de teatro?
  • Com que recursos? O que precisamos para realizar o que queremos?

              Recursos não são apenas financeiros, mas também humanos, formativos.

   É importante pensar em peças de comunicação que possam contar com colaboração em sua etapa de produção e disseminação. Também é importante haver um canal de interatividade para receber críticas e comentários, respostas do público.

Pesquisa:

Esta etapa responde a pergunta: Como executar o planejamento?

   Ex.:  Como faço para montar um jornal mural? Quais os materiais e procedimentos? Onde encontro informações sobre o tema que será abordado? Terei que fazer entrevistas? Com quem e onde? Devo consultar livros, revistas e internet? Como faço para comparar as diversas informações que coletei?

citar fontes: sempre que usar um conhecimento ou uma informação, deve-se dar o crédito dando a referência do nome do autor, título do texto, editora, ano da publicação, página. Se a informação foi encontrada na internet, deve-se colocar o endereço da página, nome do autor, título do texto. Quando se faz uma entrevista, coloca-se o nome do entrevistado, ocupação, local e data).

Desenvolvimento do Produto:

   É hora de colocar a “mão na massa”! Tudo o que foi pesquisado deve ser selecionado (edição) e organizado no formato escolhido.

   Ex.: Editar as entrevistas, reportagens, organizar seções no jornal mural, escolher as melhores imagens (fotos e ilustrações).

   Não esquecer de revisar o texto e todo o material produzido.

– O material que não foi selecionado pode fazer parte de uma exposição ou ser usado em uma próxima edição. Ex.: Se não usei a entrevista com um funcionário do posto de saúde, eu posso usá-la em uma próxima edição. Avaliação coletiva do produto.

Disseminação:

   Não adianta fazer um lindo jornal se ninguém for ler! Então esta é a etapa para colocar o “bloco na rua”!  Disseminar é levar o produto para novos contextos, onde ele passa a potencializar novas ações e educação e mobilização social.

   Uma boa dica é que você circule pelo seu bairro e veja onde as pessoas se reúnem. Mapeie estes pontos, pois eles são estratégicos na hora de disseminar informações. Não se esqueça de lugares públicos como escolas, postos de saúde, pontos de ônibus. O importante é criar coletivamente novas formas de comunicação de acordo com a realidade de sua comunidade. Avaliação coletiva de todo o processo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: